Publicado em: quinta-feira, 29/03/2012

Ministério da Integração amplia prazo de inscrição para concurso

O edital para concurso público que oferta cinquenta e duas vagas para candidatos com nível superior, para o Ministério da Integração Nacional, foi atualizado. De todas as vagas que estão sendo ofertadas, três delas estão reservadas para candidatos portadores de deficiência.

As alterações no edital indicam que agora as inscrições estão abertas do dia 2 de abril até o dia 15 de abril. Os salários iniciais estão entre R$ 3,4 mil e R$ 5,4 mil. O concurso é válido por um ano, podendo ser prorrogado por mais um. O exame deve acontecer no dia 6 de maio, em Brasília.

Os candidatos que forem aprovados irão trabalhar no Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), na unidade da Secretaria Nacional de Defesa Civil, pasta integrante do Ministério da Integração Nacional.

Os interessados precisam realizar a inscrição pelo site www.esaf.fazenda.gov.br, da organizadora do concurso, a Escola de Administração Fazendária (Esaf). As vagas são para os seguintes cargos: analista técnico administrativo, analista de sistemas, assistente social, estatístico, engenheiro, geólogo, químico e meteorologista.

O valor da inscrição para as vagas de estatístico, engenheiro e geólogo é de R$ 100. Para as demais vagas, o valor cobrado é de R$ 80. Os interessados podem se inscrever somente para um cargo. Quem for aprovado será submetido a um regime de trabalho de revezamento, o que pode, inclusive, cair em finais de semana e feriados, além de no período noturno.

Do processo

O processo de seleção dos candidatos é dividido em duas provas. A primeira etapa é constituída por questões de conhecimentos gerais, válida para todos os campos, e o valor máximo é de 80 pontos nesta etapa. A segunda parte é constituída por uma prova de questões específicas para cada vaga, valendo também no máximo 80 pontos.

O edital foi inicialmente lançado no final de 2011, com um prazo de inscrição que ia até o dia 15 de janeiro, mas acabou sendo suspenso por irregularidades que foram identificadas no momento de contratação de empresa para o serviço na parte de processamento das informações.