Publicado em: sexta-feira, 16/09/2011

Militantes do CNT conseguem entrar em Sirte e começa combate contra forças pró-Kadafi

As forças aliadas ao Conselho Nacional de Transição (CNT) conseguiram passar pelo bloqueio levantado pelos pró-Kadafi na cidade de Sirte, local de nascimento do ex-ditador Muamar Kadafi, na noite desta quinta-feira (15). A informação foi divulgada por um porta-voz do CNT que também informou que os insurgentes enfrentam resistência daqueles que continuam leais ao regime de Kadafi. A cidade de Sirte é uma das últimas localidades ainda sob controle dos militares pró-Kadafi.

De acordo com informações divulgadas pela AP, os combatentes do CNT conseguiram chegar ao centro de Sirte, mas foram atacados por atiradores. Por conta disso, parte dos rebeldes teve que ficar para trás para ajudar os feridos.

Em entrevista a um canal de TV sírio, o porta-voz de Kadafi, Moussa Ibrahim, afirmou que “há milhares e milhares de jovens voluntários que estão dispostos e prontos em vários fronts. Na verdade, estamos ainda mais fortes. Temos todas as condições para libertar toda a Líbia”. Com isso, Ibrahim garante que as forças pró-Kadafi estão prontas para enfrentarem o CNT.

No mesmo dia, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e o presidente francês, Nicolas Sarkozy, participaram de um encontro organizado pelo CNT. A população da cidade de Benghazi, uma das primeiras regiões ocupadas pelos rebeldes, e da capital do país, a cidade de Trípoli, saíram às ruas para celebrar as primeiras visitas oficias dos chefes de estado desde a queda do regime de Kadafi e da consolidação do CNT com um governo interino. No encontro,
Sarkozy afirmou que a Líbia precisa encontrar Kadafi para terminar o trabalho e garantir a segurança.