Publicado em: segunda-feira, 09/06/2014

Milan confirma oficialmente a saída de Seedorf do comando da equipe

Milan confirma oficialmente a saída de Seedorf do comando da equipeO Milan anunciou oficialmente nesta segunda-feira (9), a saída do técnico Clarence Seedorf, do comando da equipe. O substituto do holandês no cargo será o italiano Filippo Inzaghi, outro ídolo do clube como atleta. O ex-jogador do Botafogo não chegou sequer a completar seis meses no cargo, seu primeiro na função de treinador.

Novo comandante do Milan, Inzaghi assinará acordo até junho de 2016 com o clube. Sua apresentação oficial não tem data confirmada e a diretoria do time rossonero ainda não definiu se ela ocorrerá nos próximos dias ou apenas depois da Copa do Mundo.

Na temporada 2013/14, o Milan não conseguiu vaga para nenhuma competição europeia. Oitavo colocado no Campeonato Italiano, o time não começou bem a temporada sob o comando de Massimiliano Allegri e acumulou 57 pontos ganhos no total, 45 atrás da campeã Juventus de Turim. Seedorf, no comando da equipe, acumulou 11 vitórias, dois empates e nove derrotas, em 22 partidas disputadas.

Segundo informação divulgada no jornal italiano La Gazzetta dello Sport, o presidente do Milan, Sílvio Berlusconi, afirmou que Seedorf irá receber seu salário no clube até o fim de seu contrato, em junho de 2016, até encontrar uma nova equipe para trabalhar. O próprio dono do clube rossonero havia comentado ao diário, que o holandês era ‘passado’ e que Inzaghi era assunto do ‘futuro’.

Inzaghi será o terceiro treinador do Milan num período inferior a seis meses

Aos 40 anos de idade, Filippo Inzaghi deverá ganhar, de acordo com o La Gazzeta dello Sport, aproximadamente 700 mil euros (R$ 2,1 milhões) por ano, do Milan, ou seja, 58,3 mil euros (R$ 177,5 mil), por mês. Em apenas seis meses, o ex-jogador é o terceiro técnico a assumir a equipe, fato que tinha acontecido pela última vez em 2001, quando Cesare Maldini, Fatih Terim e Carlo Ancelotti haviam comandado o time.