Publicado em: quarta-feira, 11/04/2012

Microsoft é uma das empresas que mais contribuem com o Linux

Nesta semana, a Linux Foundation divulgou um relatório onde mostra que, pela primeira vez, a Microsoft está entre as 20 companhias que mais contribuem para o crescimento e desenvolvimento da plataforma Linux. De acordo com o relatório, a empresa de software está na 17ª colocação da lista, onde também estão presentes empresas como a Nokia, Google, IBM e Intel.

Segundo o comunicado oficial divulgado pela organização responsável pelo Linux, a companhia Microsoft, “que uma vez chamou o Linux de ‘câncer’, hoje está trabalhando dentro do modelo de desenvolvimento colaborativo para apoiar os seus esforços de virtualização e seus clientes”.

O relatório divulgado pela Linux Foundation afirma ainda que mais de 7,8 mil desenvolvedores, de aproximadamente 800 diferentes empresas, ajudaram no desenvolvimento do kernel Linux desde o ano de 2005, quando o controle foi iniciado. O documento informa também que 75% do total de desenvolvimento da plataforma é realizado por desenvolvedores, que recebem pelo serviço prestado.

Linux

O núcleo Linux foi criado pelo programador Linus Torvalds. O diferencial desta plataforma está no código fonte, que é oferecido sob a licença GPL para qualquer um que queira estudar, modificar, utilizar e distribuir de maneira livre segundo os termos que constam na licença. Atualmente, o núcleo Linux conta com a colaboração de grandes empresas para seu desenvolvimento, como a Red Hat, IBM, Mandriva, Google e Sun Microsystems.