Publicado em: quarta-feira, 09/04/2014

Meu Pedacinho de Chão: Cenário da novela consumiu vinte toneladas de latas

Meu Pedacinho de Chão: Cenário da novela consumiu vinte toneladas de latasDe acordo com informações divulgadas nos site oficial da novela Meu Pedacinho de Chão, o cenário fixo e com características lúdicas da nova novela das 18 horas chegou a consumir cerca de 20 toneladas de latas para sua estruturação.

O uso das latas teria sido resultado de um pedido direto do diretor Luiz Fernando de Carvalho, que investiu na proposta de revestir toda a cidade cenográfica da trama com o material metálico. O responsável por este trabalho foi o cenógrafo Raimundo Rodriguez, que ficou encarregado de comandar uma equipe de operários e artesões que realizaram o trabalho para a montagem de tudo.

Rodriguez explicou que as latas usadas se tratam de latas de tinta, que foram abertas, cortadas, dobradas, marteladas, pigmentadas e planificadas, tudo isso para dar o aspecto que hoje constituiu o cenário de Meu Pedacinho de Chão.

O cenógrafo contou ainda que foi preciso ainda tomar o especial cuidado para que na novela cada casa tivesse uma característica própria, sua própria personalidade, cor e desenho, estabelecendo uma relação direta com o personagem que a habita. Ele deixou claro que nenhuma parede é igual a outra ou casa se repete, tanto na cor como no formato. Toda a estrutura é bastante original para cada casa.

As casas foram decoradas ainda no seu interior com peças garimpadas pelo produtor de arte Marco Cortez, com objetos do final do século 19 e início do século 20, após uma sequencia de visitas a antiquários e um centro popular de compras no Rio de Janeiro.

Cortez usou como exemplo a casa do coronel Epa, que é um homem muito rico, que ostenta seu poder, exibindo então objetos mais luxuosos, como obras de arte, porcelana, peças de cama e mesa confeccionados com seda e rendas.