Publicado em: quarta-feira, 20/10/2010

Metroviários do DF entram em greve

Os funcionários do Metrô do Distrito Federal entraram em greve na última quarta-feira (20), interrompendo boa parte do sistema de transportes da capital federal.

A paralisação foi decidida após uma assembleia realizada na terça, por unanimidade. Os funcionários do Metrô reivindicam a redução da jornada de trabalho, de 40, para 30 horas semanais, além da renovação de contratos de funcionários admitidos no último concurso público.

A greve fez com que apenas aproximadamente 30% do Metrô circulasse normalmente. O período de espera entre um trem e outro, nos horários de pico, era superior a meia hora. Os trens atendem, diariamente, a cerca de 150 mil passageiros.

O governo do Distrito Federal informou que irá negociar com os representantes dos metroviários ao longo do dia, e como medida paliativa, aumentou a frota de ônibus. Cerca de 200 veículos foram colocados para circular nos mesmos trechos do metrô.