Publicado em: sexta-feira, 03/08/2012

Metro quadrado mais caro de São Paulo está no Ibirapuera

Metro quadrado mais caro de São Paulo está no IbirapueraA região que possui o metro quadrado mais caro da cidade de São Paulo é o Ibirapuera/Vila Nova Conceição. Pelo menos isto é o que um levantamento do índice Fipezap do mês de julho, que foi desenvolvido pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica, a Fipe, e a Zap Imóveis apontou. De acordo com a pesquisa, o preço para morar neste bairro é 313,03% maior do que para morar no local mais barato da capital paulista.

Segundo o estudo, o valor do metro quadrado de um apartamento localizado no Ibirapuera/Vila Nova Conceição, bairros localizados na zona sul da capital paulista, chegou a R$ 11.028, preço 66,81% maior do que o preço médio do metro quadrado quando considerada toda a cidade, que foi de R$ 6.611 em julho deste ano.

A segunda região com o metro quadrado mais caro na cidade de São Paulo é o Jardim Paulistano, aonde o metro quadrado custa o valor médio de R$ 9.605. Já a área da cidade onde é mais barata para morar é a Cidade A. E. Carvalo, onde o metro quadrado custa o valor de R$ 2.670.

Enquanto isso, no Rio de Janeiro, a diferença entre o valor médio do metro quadrado que foi calculado durante o mês de julho e o preço do metro quadrado mais caro da cidade é de 121,18%. O preço médio do metro quadrado na capital fluminense durante o mês de julho ficou em R$ 8.159, enquanto o preço do metro quadrado mais caro da cidade foi registrado no Leblon, com o valor de R$ 18,046.

Além do Leblon, os bairros mais caros para se morar no Rio de Janeiro são Ipanema, onde o metro quadrado custa R$ 16,972, a Lagoa, com valor de R$ 14.370, a Gávea, que custa R$ 13.747 e o Jardim Botânico, que tem o metro quadrado pelo valor de R$ 12.925. Já os locais na capital fluminense que apresentam o metro quadrado mais barato são os bairros da Pavuna e do Anchieta, que custam, respectivamente, os valores de R$ 1.361 e R$ 1.147 de acordo com o levantamento.