Publicado em: terça-feira, 24/01/2012

Mercadante deve mudar cargos do MEC

O novo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, comentou que deve alterar quatro vagas dos cargos de confiança do Ministério da Educação, especialmente entre diretores e secretários relacionados pasta. Ele ocupou a vaga nesta terça-feira (24) em uma cerimonio que oficiou a saída de Fernando Haddad, que irá concorrer à prefeitura de São Paulo nas eleições municipais de 2012.

Além destes, outros cinco servidores considerados de confiança pelo ex ministro Fernando Haddad deverão continuar nas vagas, pelo menos no começo da transição.

De acordo com a Folha de São Paulo, a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Malvina Tuttmann, é uma das que deverão ser substituídas. A atual gestão do MEC indicou que deveria deixar Malvina no cargo até a ampliação da primeira edição de 2012 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em abril. Porém, Haddad confirmou que o exame está cancelado e será aplicada apenas uma edição, em novembro.

Também deverão sair do MEC a secretária de Educação Básica, Maria Pilar Lacerda, o secretário de Ensino à Distância, Eliezer Pacheco, e o secretário de Articulação dos Sistemas de Ensino, Carlos Abicalil. O secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Luís Fernando Massonetto permanece durante a transição, porém, não está com vaga garantida.