Publicado em: sexta-feira, 25/05/2012

Mercadante anuncia alterações no Enem 2012

Aloizio Mercadante, o ministro responsável pela pasta que cuida do sistema educacional, declarou ontem, quinta fera (24), que pretende ampliar a segurança na realização do pré-teste do Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio. A proposta é conseguir impedir que as questões que irão cair na prova vazem no treinamento, como aconteceu em 2011.

Entretanto, Mercadante não ofereceu nenhum detalhe de como a segurança seria reforçada, para que não se corra nenhum risco de vazamento das informações. Quanto à redação, o ministro ainda não confirmou se os candidatos poderão recorrer da nota, mas para fins pedagógicos, poderão acessar o texto.

Novidades

Outro ponto destacado pelo ministro foi o anúncio de que este ano, a correção do texto redacional contará com mais 1,2 corretores que no ano passado, uma diferença que representa 40% no valor do total, custando ainda mais aos cofres públicos. De acordo com o ministro, um aumento de custo será menor que um equívoco ou erro na redação. Todo esse novo rigoroso sistema veio na tentativa de dar ao candidato mais segurança.

Quem ficará na banca de correção das redações irá passar por um curso intensivo e participará ainda de um treinamento via online com a temática da avaliação de texto. No ano passado, o MEC foi bastante criticado por pagar os avaliadores de acordo com o número de redações corrigidas, podendo acarretar erros. Apesar disso, Mercadante declarou que o método continuará o mesmo este ano.