Publicado em: segunda-feira, 03/09/2012

Mensalão – Advogado de Dirceu vai entregar memorial do STF como tentativa de rebater acusações da Procuradoria

Mensalão - Advogado de Dirceu vai entregar memorial do STF como tentativa de rebater acusações da ProcuradoriaO advogado José Luis de Oliveira Lima, que faz parte da defesa do ex-ministro da Casa Civil no governo Lula, José Dirceu, afirmou neste final de semana, que vai entregar aos ministros do STF um memorial como tentativa de rebater as alegações que foram feitas no processo do mensalão pelo Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, que fez a denúncia dos desvios de verbas públicas que ficou conhecido nacionalmente como mensalão. Para o advogado, o documento deverá chegar ao gabinete dos ministros amanhã (4).

José Luis afirmou que, no memorial que foi preparado pela defesa, serão rebatidas as alegações feitas por Gurgel que também foi apresentado em um memorial encaminhado aos ministros, no dia 16 de agosto deste ano. O documento que foi elaborado por Gurgel defendia o uso das provas testemunhais como meio de condenação dos réus.

A defesa, de certa maneira, contesta as provas baseadas nos depoimentos relatados pelas testemunhas. Para o advogado do ex-ministro, “defender que uma pessoa seja condenada sem provas” vai contra “o devido processo legal, a Constituição, a Carta Magna”. O advogado concluiu dizendo que “Na sua opinião, é inaceitável que o Ministério Público faça uma alegação nesse sentido”. O advogado declarou ainda que confia nas análises do STF sobre as provas. Ele afirmou que “tem certeza de que o Supremo Tribunal Federal, deseja para absolver, bem como para condenar, baseados em provas que foram ratificadas no juízo.”

Lima disse também que está sendo mantido o contato constante com José Dirceu e que o ex-ministro “está sereno e confiante na Justiça”.