Publicado em: quarta-feira, 07/11/2012

Menino com câncer é tratado com maconha

Menino com câncer é tratado com maconhaDavid foi diagnosticado com câncer. Ele tem apenas 12 anos e mora em Israel. Há dois anos atrás o garoto passava por um longo processo de quimioterapia e perdeu todo o cabelo, além de seu peso ir diminuindo até chegar na metade do que pesa hoje. O garoto relata que precisava tomar morfina para a dor, mas que o efeito não conseguia ser prolongado, e duravam apenas alguns minutos. Hoje David está recebendo algumas doses de uma maconha roto muito especial, em que são adicionados chocolates ou biscoitos e bolos. O garoto afirma que o efeito do cannabis consegue ficar em vigor o dia todo em seu organismo, e que ele consegue andar tranquilamente, assim como antes, sem chorar pelas imensas dores nas pernas. Israel foi um dos primeiros países do mundo a utilizar a maconha medicinal. Entre as doenças estão o câncer, o Mal de Parkinson, a síndrome de Tourette e a esclerose múltipla. Alguns cientistas que estão ligados a empresa Tikkun Olam estudaram e conseguiram desenvolver um tipo de maconha em que a substância tetrahidrocanabinol, que é a que causa os efeitos cognitivos, ou seja, aquele que “dá barato”, é neutralizado. Além disso, essa nova variedade da droga possui uma concentração muito mais alta da substância canabidio, que é um forte anti-inflamatório.

O resultado de tudo isso é uma maconha contendo todas as propriedades da cannabis que são úteis á medicina, mas sem deixar o paciente alucinado por conta da droga. Muitos pacientes eram contra o uso da droga por conta da dependência química e psíquica, mas com esse tratamento na formulação da planta o número de adeptos está cada vez maior. A vantagem é que os pacientes não “tem barato” e consegue raciocinar direito, dirigir, trabalhar e fazer as tarefas de rotina. Vale ressaltar que a maconha é ilegal em Israel, mas que a empresa conseguiu uma licença especial para desenvolver o tratamento da planta, plantando a droga em estufas na Galileia, que fica no norte do país.