Publicado em: sexta-feira, 20/08/2010

Médicos cancelam cirurgias cardíacas pelo SUS

As cirurgias cardíacas feitas pelos convênio público de saúde no Brasil estão temporariamente canceladas.

A medida foi tomada e informada pelos médicos cirurgiões do país nesta sexta-feira (20). A paralisação ocorre por conta do pedido dos médicos pelo aumento do honorários pagos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O movimento é coordenado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV), que cita como exemplo de baixa remuneração, o pagamento de R$ 1000 para uma equipe de seis médicos realizarem uma cirurgia de ponte de safena.

Em alguns estados, como Rio Grande do Norte e Espírito Santo, já houve negociação entre governo e médicos, e as operações já voltaram a ser realizadas após serem feitos reajustes dos pagamentos. O Ministério da Saúde afirma que já foram feitos três reajustes nos últimos oito anos.