Publicado em: sexta-feira, 21/09/2012

Médico processa Neymar dizendo que ele não pagou pelo parto do filho

O médico que fez o parto do filho de Neymar, Davi Lucca, no Hospital São Luiz, em São Paulo, disse que não recebeu o pagamento referente ao parto, feito a pouco mais de um ano. Por conta disso, Herbert Kramer, que também fez o pré-natal da mãe do bebê, Carolina Dantas, está entrando com uma ação na justiça para receber. O processo está correndo na sexta vara cível de Santos. No entanto, o valor devido pelo craque não foi revelado.

De acordo com as informações do médico, o pai de Neymar disse que não pagaria pelo parto porque não estaria concordando com o valor que estava sendo cobrado.

Segundo Kramer, o pai do atleta disse que não pagaria os honorários dos profissionais que fizeram o parto de Carolina. Ele foi orientado por seu advogado a não revelar para a imprensa qual o valor do pagamento que tinha sido combinado com Neymar, que é o pais da criança.

O médico ainda relembrou que tanto Neymar quanto Carolina tiveram atendimento especial durante toda a gestação da criança. Além de fazer o acompanhamento de toda a gravidez de Carolina, o médico ainda ficou totalmente à disposição da família na semana em que foi realizado o parto do bebê.

Para poder dar total atenção a mãe do filho de Neymar, o médico fechou seu consultório em Santos um dia antes da criança nascer e ainda precisou levar outros dois profissionais para acompanhá-lo até São Paulo. Além disso, o médico lembrou que o bebê precisou de um cuidado especial já que nasceu com 37 semanas de gestação, ou seja, prematuro.

Kramer disse que começou a entender que não receberia o dinheiro referente ao parto depois que suas ligações pararam de ser atendidas pelo assessor de Neymar e por conta disso decidiu entrar na Justiça para receber o dinheiro combinado pelo serviço.