Publicado em: terça-feira, 11/10/2011

Médico está desaparecido desde sábado após mergulhar no Rio Amazonas

Após mergulhar no Rio Amazonas (PA) por volta das 15h do sábado, dia 8 de outubro, o médico Paulo Jennings, de 56 anos, desapareceu. A escura água do rio e a correnteza forte dificultam o trabalho do Corpo de Bombeiros e da Capitania dos Portos do Pará, que fazem as buscas. A operação deve recomeçar na manhã desta terça-feira, dia 11 de outubro.

De acordo com a família, Paulo Jennings conhecia bem a área e as águas do rio, porque realizava esse passeio com os amigos e empresários todos os anos. A sobrinha Analice Jennings afirma que ele sempre fretava um barco para fazer o passeio. O médico nasceu em Santarém (PA) e possui um consultório em São Paulo.

As filhas do médico que moram fora do Brasil, uma na Alemanha e a outra nos Estados Unidos, já viajaram para o Pará para acompanharem a operação de buscas. De acordo Izabel Jennigs, prima de Jennings, a esposa e a outra filha do médico também já foram para Santarém.

Segundo Analice, a equipe de busca permanece o máximo de tempo possível realizando a operação. Até mesmo a lua às vezes ajuda nas buscas durante a noite. Porém, a correnteza muito forte e a água muito escura dificultam os trabalhos. De acordo com a sobrinha, o médico queria se mudar para Santarém e estava muito feliz em estar ali.