Publicado em: sábado, 19/11/2011

MEC suspende 514 vagas em 16 cursos de medicina que tiveram baixo desempenho

O Diário Oficial da União desta sexta-feira (18) publicou uma determinação do Ministério da Educação que suspende 514 vagas distribuída em 16 cursos de medicina que obtiveram resultados insuficiente no exame nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

Ao todo, nove instituições de ensino superior de Minas Gerais tiveram algumas vagas suspensas. O estado de Rondônia teve 2 e o Maranha, Maro Grosso, Rio de Janeiro, Tocantins e São Paulo tiveram uma.

O Ministério determina que as instituições listadas do comento têm o prazo de 30 dias para elaborar um plano que estimule a melhora na qualidade de ensino. As vagas reduzidas são referentes as vagas que são abertas nos próximos concursos vestibular oferecidos pelas instituições. O prazo de melhora é de um ano, e caso o MEC não observe mudanças, o curso pode ser cancelado.

Nesta quinta-feira (17), o MEC divulgou nas notas do índice Geral de Cursos (IGC) e afirmou que deve suspender 50 mil vagas das instituições que tiveram nota insuficiente, ou seja, abaixo de 3. As áreas que estão na mira do ministério para serem fechadas são dos cursos de ciências contáveis, administração e da saúde.