Publicado em: sábado, 02/02/2013

MEC diz que contratos do Fies cresceram 140% em 2012

MEC diz que contratos do Fies cresceram 140% em 2012O Ministério da Educação (MEC) informou durante esta sexta-feira (1°) que a quantidade de pessoas atendidas através do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no ano passado chegou a atingir a marca de 368 mil contratos firmados. Isto representa um aumento de aproximadamente 140% com relação ao total previsto para o ano anterior. Em quantidade absoluta, houve 215 mil contratos a mais do que todos os 153 mil que tiveram seu registro realizado no ano de 2011.

Este aumento em relação com a procura do financiamento estudantil aconteceu em todos as os estados do país. No Estado de São Paulo, chegaram a ser firmados 98,7 mil novos contratos no ano passado, isto significou um aumento de cerca de 255% com relação aos 27,7 mil que tinha sido registrados no ano anterior. O Estado paulista foi o que teve mais contratos durante o último ano, logo atrás vieram Minas Gerais com 45,8 mil, Bahia que teve 23,9 mil contratos e o Rio de Janeiro com 20,8 mil.

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) virou o agente que opera o Fies desde o ano de 2010. No período, houve estabelecimento de novas regras, que deram impulsão para a procura do financiamento de estudantes, como a queda de juros para os 3,4% ao ano e também o aumento do prazo de carência do pagamento que chegou a 18 meses e para a amortização da dívida que é de até três vezes o do período que foi financiado e mais 12 meses como é feito agora.

Desde o ano de 2010, o pedido para financiamentos estudantis poderá ser realizado em qualquer período no ano. No ano de 2010, houve 75,9 mil contratos firmados. No ano de 2011 este número cresceu para 153,5 mil quando chegou no ano passado, a ser de 368,8 mil. No total houve 598,3 mil contratos firmados entre os anos de 2010 até 2012, e o curso que foi mais procurado é o de direito, que chegou a ter 94 mil contratos, logo atrás está administração com 50 mil contratos firmados, enfermagem com 47 mil e engenharia civil com 37 mil contratos.