Publicado em: terça-feira, 18/03/2014

MEC divulga detalhes sobre o Enade de 2014

MEC divulga detalhes sobre o Enade de 2014Nesta segunda-feira, 17 de março, o Ministério da Educação (MEC) divulgou o cronograma do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) de 2014. O exame é aplicado anualmente, com revezamento no que diz respeito aos chamados grupos de graduações. Atualmente, o desempenho obtido no exame é o principal critério para definição da qualidade das graduações brasileiras. Por isso, caso um curso de graduação específico apresente problemas constantes no Enade, há a possibilidade de sanções vindas do MEC.

Calendário

De acordo com portaria publicada pelo Ministério da Educação, o Enade de 2014 será aplicado em todo o território nacional no dia 23 de novembro. Nesta edição da prova, 33 cursos serão avaliados, como arquitetura, educação física, ciência da computação, engenharias, pedagogia e história.

Em 2014, o Enade continuará sendo obrigatório. Sem a participação na prova, os estudantes ficam impossibilitados de obter o diploma de graduação. Em 2014, a prova deverá ser feita por estudantes que têm expectativa de conclusão de seus cursos até julho do ano que vem, ou dezembro de 2014, para o caso dos cursos tecnológicos.

Exceções

Assim como em outros anos, o Enade terá poucas possibilidades de dispensa da prova. Nesta edição, estarão dispensados apenas aqueles que realizarem a colação de grau até o dia 31 de agosto deste ano, ou que estejam em outro país realizando atividades relacionadas ao curso de graduação no dia em que a prova for aplicada.

Cadastro

As diretrizes específicas das provas serão divulgadas pelo MEC até o dia 4 de junho. É importante ressaltar que, para o Enade, o cadastro dos estudantes é de responsabilidade da instituição de ensino.

Para reduzir a possibilidade de boicote à prova, em 2014 a lista de presença no exame será disponibilizada somente uma hora após o começo das provas. Em outros anos, era possível assinar a lista de presença (documento que atesta a participação dos alunos) antes do começo da prova. Por não se tratar de um exame classificatório para os alunos, muitos tinham o hábito de assinar a lista e entregar a prova em branco, contribuindo para a queda na avaliação de seu curso.

Importância do exame

O Enade é um exame de extrema importância, pois ajuda a definir as diretrizes educacionais do país a partir da avaliação dos cursos superiores. Através do exame, é possível avaliar a qualidade das instituições de ensino no que diz respeito à formação geral e às habilidades e competências específicas para o exercício das profissões.

A prova é dividida entre conteúdos gerais e de conhecimentos específicos de cada área de formação, sendo aplicada a estudantes dos primeiros e últimos anos de graduação. Desta forma, o exame permite a comparação de conhecimento dos alunos quando estes entraram e saíram de seus cursos. Caso determinados cursos tenham repetidas avaliações negativas, o MEC pode até mesmo impedir a realização de novos exames vestibulares, até que sejam feitas as adequações necessárias ao curso. Diferente do Enem, a prova do Enade é realizada em um único dia.