Publicado em: sexta-feira, 23/03/2012

MEC descredencia Universidade São Marcos, em São Paulo

O MEC, Ministério da Educação, informou ontem, quinta feira (22), o descredenciamento da Universidade de São Marcos, em São Paulo. A instituição conta atualmente com 1.300 alunos na capital e mais 800 em Paulínia. Ela foi despejada em dezembro de um terreno no bairro do Ipiranga, localizado na região sudeste de São Paulo, onde mantinha um dos campi. A universidade estava sobre intervenção judicial e em processo de readequação às normas do MEC.

De acordo com o Ministério, a universidade tem 90 dias para providenciar a transferência dos alunos para outras instituições e entregar os documentos acadêmicos aos envolvidos. Em comunicado, o MEC afirmou a decisão de descredenciar a Universidade veio depois de um processo administrativo em que foram verificadas inúmeras irregularidades, comprometendo o funcionamento da instituição.
Problemas identificados.

Entras as irregularidades encontradas pelo MEC estão a falta de ato de recredenciamento da Universidade São Marcos, o descumprimento de uma medida cautelar de suspensão de novos ingressos e das medidas de saneamento que foram determinadas pelo MEC em 2011, durante uma supervisão.

Desde setembro do ano passado, a Universidade São Marcos está sob uma intervenção judicial. De acordo com o interventor Calos Galli, a universidade tinha uma reunião agendada com o MEC hoje, mas o encontro teria sido desmarcado, deixando a instituição bastante surpresa com o descredenciamento. Galli informou ainda que a diretoria da Universidade São Marcos irá se reunir hoje para definir quais serão as providências.

As aulas começaram já com problemas este ano, tendo estado prevista para fevereiro, começando realmente somente no dia 05 de março.