Publicado em: segunda-feira, 20/08/2012

Mec afirma que acordo com servidores pode acontecer até dia 22

Mec afirma que acordo com servidores pode acontecer até dia 22O MEC, Ministério da Educação, declarou no início desta semana que o acordo formal com o comando de greve dos servidores técnico-administrativos dos institutos e universidades federais deverá ser oficializado e assinado até quarta feira (22). Uma das entidades que representam os servidores é a Federação de Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras, a Fasubra.

Além desta entidade, os servidores também contam com a representação do Sinasefe, o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica. Assembleias irão deliberar sobre a proposta de reajuste e carreira também nesta semana.

A proposta realizada pelo governo federal contempla um reajuste no valor de quase 16%, divididos em três parcelas, entre os anos de 2013, 2014 e 2015. A proposta inicial foi elevada pelo governo federal.

O atual acordo implica um impacto no orçamento de R$ 2,9 bilhões. Agora a proposta se soma ao acordo assinado em três de agosto com a Proifes, a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior, que chegou a conceder reajustes de vinte por cento a 45% aos professores.

Marco Antônio Oliveira, secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, um dos integrantes da mesa de negociações, se mostra otimista com a situação, afirmando que a disposição que foi manifestada pelos dirigentes de uma das entidades indica que o acordo deve ser mesmo fechado na quarta feira.

O retorno da categoria ao trabalho possibilita o retorno gradativo das atividades nas instituições de ensino federais. Entretanto, com os professores de muitas universidades, o MEC afirmou que as negociações com os sindicatos dos docentes estão mesmo encerradas, não havendo a possibilidade de rever o critério da titulação.