Publicado em: segunda-feira, 26/11/2012

McAfee acusa funcionários de tentarem incriminar e matar ele

McAfee acusa funcionários de tentarem incriminar e matar eleJohn McAfee, empresário que fundou a empresa que fabrica o antivírus McAfee, fez a acusação contra dois ex-funcionários da empresa que ele comanda planejaram que ele fosse incriminado por um assassinato e tentaram matar ele, conforme aponta o Huffington Post. O milionário está sendo procurado pela polícia de Belize, país da América Central em que ele vive, pois é suspeito de ter matado o vizinho Gregory Faull após dar um tiro na cabeça dele.

Desde que Mcafee começou a fugir, John já pintou o seu cabelo e ficou escondido na areia, ele garantiu que pagará a quantia de US$ 25 mil para a pessoa que conseguir fazer a prova de que ele é inocente nesta acusação. Tudo isto teve sua publicação no blog em que o empresário mantém e relata a sua fuga. Neste mesmo blog John fez postagens de transcrições de conversas em que os funcionários tentavam prejudicar ele.

Conforme aponta o texto, um dos funcionários havia dito, que os dois possíveis criminosos, haviam planejado como iriam realizar uma bomba que irá explodir em John, já em outro momento, os dois mesmos homens tinham conversado sobre maneiras que poderiam incriminar o empresário por um assassinato, falando que iriam plantar a coisa (sic) lá e após iriam ligar para oficiais membros do alto escalão e dizer que aquilo estava plantado em certo local, conforme diz o blog de John McAfee.

Na última sexta-feira (23), John McAfee chegou a publicar fotos da casa em que vive em Belize junto com amigos do país, ele faz a reclamação que existem três amigos que estão presas apenas por serem amigos dos empresário, o que ele acha um total cúmulo.