Publicado em: segunda-feira, 10/06/2013

Maurice Sendak é homenageado pelo Google por seu 85° aniversário

Maurice SendakMaurice Sendak era autor e ilustrador de livros infantis norte-americano, muito famoso e premiado. Ele faria aniversário de 85 anos, hoje, dia 10 de junho de 2013. Sendak nasceu em Nova York em 1928 e começou a sua carreira em 1951 já como ilustrador e autor de livros infantis. Seu primeiro livro foi em 1956, chamado “Janela de Kenny”.

A homenagem do Google é um Doodle animado com os principais desenhos de Sendak. Uma de suas publicações mais famosas e contemporâneas é “Onde Vivem os Monstros”, onde texto e desenhos são feitos por ele para crianças e foi lançado em 1963.

Em “Onde Vivem os Monstros”, ele conta sobre o mundo da imaginação usando a história de Max, uma criança que quando usa sua roupinha de lobo entra em um universo paralelo e apronta dentro de casa, ficando de castigo.

Ele tem que ficar em seu quarto e quando deita em sua cama começa a imaginar muitas histórias, cria uma enorme floresta e muitas fantasias, com grandes aventuras.

Esta publicação de Sendak teve um alcance de 17 milhões de cópias do livro vendidas apenas nos Estados Unidos da América, seu país natal. A obra Onde Vivem os Monstros foi traduzida para 20 idiomas diferentes. Este livro recebeu muitos prêmios por suas ilustrações, inclusive, em 1964, o mesmo ano em que o livro foi lançado, ele recebeu a Medalha Caldecott.

Muito versátil e talentoso o autor e ilustrador também atuou com obras em ópera, ballet e animações para a televisão, recebendo reconhecimento por sua genialidade e importantes premiações em diferentes campo das artes. Ele recebeu o Prêmio Hans Christian Andersen de Ilustração, em 1970 e o Prêmio Internacional de Literatura Infantil Astris Lindgren em 2003, por exemplo.

Maurice Sendak faleceu com 83 anos, por um derrame cerebral. Ele deixou um acervo de importância para o mundo gráfico além de deixar um livro póstumo, chamado “O Livro de Meu Irmão”, que é escrito em poema e feito em homenagem a seu irmão Jack, também já falecido. O livro póstumo foi este ano.