Publicado em: segunda-feira, 11/07/2011

Maternidade em Alagoas suspende atendimento após caso de meningite

A Maternidade Escola Santa Mônica (Mesm), localizada no estado de Alagoas, suspendeu o atendimento a todos os partos de risco até a segunda-feira (11), após identificar a presença de uma bactérias transmissora da meningite tipo C em um bebê do sexo feminino que foi internado na unidade. O isolamento foi a medida tomada pela UTI neonatal para realizar a desinfeção do local.

O paciente que está infectado é um bebê recém-nascido que foi transferido há pouco mais de uma semana da cidade de Delmiro Gouveia, com o diagnóstico de hidrocefalia. A transferencia até a maternidade Santa Mônica foi feita para o bebê ser submetido a uma tratamento.

Segundo a diretoria da maternidade, foi realizada a análise do LCR (líquido cérebro-espinhal), um procedimento de rotina para o caso, aonde foi identifica a bactéria Neisseria Meningitidis, que transmite a doença. Com o resultado do exame, o recém-nascido foi transferido para o Hospital de Doenças Tropicais Doutor Hélvio Auto, que é especializada em doenças infecto-contagiosas.

A diretoria deve informar até o final da tarde desta segunda-feira se a UTI neonatal já está liberada para atendimento. Não foi informada quantos atendimentos a unidades deixou de prestar com o isolamento.