Publicado em: terça-feira, 17/04/2012

Marin diz que Mano só continua se houver resultados

O presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marin, deu mais um indicativo de que os dias de Mano Menezes no comando da seleção brasileira podem estar contados. O mandatário deu mais um recado de que o treinador corre riscos no atual cargo.

Marin disse que a permanência de Mano no comando da seleção está condicionada aos resultados que ele obtiver nos próximos meses, deixando claro que estava se referindo às Olimpíadas de Londres, aonde o Brasil irá em busca de uma inédita medalha de ouro.

O dirigente elogiou Mano Menezes, disse ter confiança no trabalho que ele vem desenvolvendo a frente da seleção, mas admitiu que um técnico depende de resultados para continuar no cargo, e que a pressão sobre ele é muito maior do que em qualquer clube.

Desde que assumiu a presidência da CBF, José Maria Marin tem dado indicativos de que não está satisfeito com o trabalho feito por Mano na seleção. Nos bastidores, o comentário é de que o nome favorito do presidente para treinar a seleção seria o de Luiz Felipe Scolari.