Publicado em: segunda-feira, 07/11/2011

Marcelo e Kaká são cortados da seleção devido a lesões musculares

Parece que as coisas não andam muito bem para a seleção de Mano Menezes. Cortes que não estavam previstos foram divulgados neste domingo, dia 6 de novembro, pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Mano não poderá contar com Kaká e Marcelo, jogadores do Real Madri, para os amistosos que a seleção fará: um contra o Gabão e o outro contra o Egito.

Com o fim dos Campeonatos Europeus, a CBF anunciou que os dois jogadores convocados pelo técnico Mano foram cortados da seleção. Isso aconteceu após o clube em que atuam na Europa enviar para o departamento médico da CBF os exames que confirmavam as lesões musculares dos atletas. A CBF ainda não disse se outros jogadores serão convocados para os lugares.

O meio-campista voltou a apresentar o bom futebol que o fez se tornar um dos melhores do mundo, e, com isso, foi convocado pela primeira vez desde a Copa do Mundo. Mas os problemas da escalação de Mano não terminam por aí. O volante Luiz Gustavo, que atua no Bayern de Munique, também não poderá jogar pela seleção, mas seu motivo é um tanto quanto curioso.

Ele não poderá jogar no amistoso desta quinta-feira porque não possui o comprovante de uma vacina exigida para a entrada de pessoas no Gabão, país da África Subsaariana. Porém, a CBF afirmou que Luiz Gustavo não tem culpa sobre este problema, e com isso irá jogar na segunda-feira, da outra semana, contra o Egito. A confederação preferiu convocar somente atletas que jogam fora do Brasil devido à fase final do Campeonato Brasileiro.