Publicado em: terça-feira, 06/08/2013

Marcelo Adnet rebate críticas que recebe na Globo

Marcelo AdnetNa noite de ontem, o humorista Marcelo Adnet estreou seu novo quadro no programa dominical Fantástico. Nesta nova empreitada, ele estreia na televisão vestido como o cantor Ney Matogrosso, com uma roupa cheia de franjas e botinha branca de salto. Este já o terceiro projeto de Adnet na Rede Globo, depois de enfrentar uma série de críticas negativas com relação aos dois primeiros trabalhos. Agora, o quadro irá apresentar Adnet realizando sátiras de videoclipes que marcaram os domingos no início da exibição do Fantástico.

Serão versões agora revisitadas pelo humorista, com letras compostas por ele, que se tornou um famoso humorista por seu trabalho com comédia na MTV, recheado de paródias inéditas e improvisos geniais. A própria contratação do humorista pela Rede Globo já inspirava receio nos fãs, com medo que Adnet perdesse a mão com a comédia e daí é que despontam a maioria das críticas. A chegada dele na emissora contou com uma premiere no Fantástico, aumentando ainda mais a expectativa com a estreia dele, um menino prodígio, que começou a ter destaque na MTV aos 26 anos.

O começo de Adnet na Globo foi com a séria o Dentista Mascarado, de autoria dos mesmos escritores de Os Normais, Fernanda Young e Alexandre Machado, mas que agora é definida apenas como uma experiência de passagem e transição do humorista. Ele comenta que possui uma vocação de produção autoral, mas que aprovou a experiência e rebate, que as críticas se devem porque as pessoas não entenderam que aquele era apenas o começo dele na Globo.

Desta primeira tentativa, Adnet manteve nos projetos seguintes os diretores Rafael Miranda e José Alvarenga Jr. A segunda ideia, um quadro sobre a Copa das Confederações, também não agradou ao público. Adnet rebateu, afirmando que não tem como agradar todas as pessoas e que isso nem é seu objetivo. Para ele, o novo quadro será finalmente a oportunidade de mostrar seu trabalho autoral e que o que realmente mudou nesta transição é a maneira como as pessoas o estão analisando agora, bem diferente do que foi criticado quando estava na MTV. Ele garante que apesar da fama de estar se vendendo, ele não foi proibido de fazer nada na Rede Globo e está tendo a liberdade necessária para fazer seu humor.