Marcas de leite têm lotes contaminados

Marcas de leite têm lotes contaminadosFoi descoberto pelo Ministério Público e o Departamento de Defesa Agropecuária do Rio Grande do Sul uma fraude em que no momento do transporte do leite era adicionado água ou ureia ao produto.

As investigações confirmam que cinco empresas de transporte adulteravam o produto para entregar à indústria. Até o momento, oito pessoas foram presas em três cidades gauchas. A empresa Latvida é a principal suspeita de adulteração no leite.

Na cidade de Ibirubá (RS) a água vinha de um poço artesiano e não passava por qualquer tipo de tratamento e as movimentações aconteciam geralmente à noite. Em outro sítio, o leite era misturado à ureia e o produto em pó contém formol, substância perigosa e cancerígena que não deve ser ingerida.

As caixas de leite que estão com lotes não recomendados circulam pelo Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. As marcas são Leite Líder (integral), Italac (Integral e Semidesnatado), Mumu (integral) e Latvida (desnatado).

O Ministério Público suspeitou da adição de água ao leite cru com o objetivo de aumentar o volume do produto. Isso acarreta em perda nutricional, que estava sendo compensada com a adição de ureia, produto que contém formol na sua composição e é considerado cancerígeno pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A fraude foi comprovada por meio de análises químicas do leite, sendo possível identificar principalmente a presença do formol. Mesmo depois dos processos de pasteurização, o produto persiste no leite que chegava até o consumidor.

O Ministério Público tem a suspeita que houve adulteração em aproximadamente 100 milhões de litros de leite no último ano. A investigação começou após o MP receber denuncia anônima do Ministério da Agricultura.

A Superintendência Federal de Agricultura do Rio Grande do Sul concluiu que a fraude não ocorria nas indústrias, mas nas transportadoras, que só podem ser fiscalizados quando estão nas indústrias ou nos postos de resfriamento de leite.

+ Brasil

Buscar

Curtir