Publicado em: sexta-feira, 23/12/2011

Mantega pede que consumidor não tenha medo de gastar em 2012

O Ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse na tarde dessa quinta-feira (22) que os consumidores brasileiros não precisam ficar preocupados com a crise no exterior e também não devem ficar com medo de gastar. Ele ainda afirmou que a instabilidade economia ainda não chegou ao país.

“Qual é o medo do cidadão, quando ele ouve falar em crise? É perder o emprego. E aqui no Brasil, ele só tem visto aumentar o emprego. O maior seguro para a população é o emprego. Nos Estados Unidos, é diferente. Lá o cidadão vai terminar o ano com medo de perder o emprego”, disse.

Menta ainda comentou que para o próximo ano deve ser oferecidos mais empregos e que o consumo deve continuar no mesmo nível, uma vez que o governo federal deve adotar medidas para combater os possíveis efeitos da crise na economia brasileira. “A condição do brasileiro só vai melhorar”, destacou.

O ministro também falou que a principal meta para o ano de 2012 é oferecer melhores condições de bem estar para os brasileiros e ainda procurar formar de evitar os reflexos da crise internacional. Mantega ainda comentou que devem ser adotadas medidas rígidas para aumentar as ferramentas para combate a crise, através do consumo de produtos brasileiros ao invés de importados. “O ano de 2011 foi melhor do que 2010 e 2012 será melhor do que 2011. O brasileiro vai continuar com emprego”, destacou.