Publicado em: terça-feira, 06/09/2011

Mantega diz que crise econômica é “preocupante”

Durante uma reunião realizada com a presente Dilma Rousseff na manha desta segunda-feira (5), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse a presidente que a situação da crise é “preocupante”, porém, voltou a afirmar que o país está pronto para combater os possíveis efeitos.

O ministro falou durante uma reunião junto a coordenação política do governo, que contou com a presente de Dilma e ainda os demais ministros e líderes. Na reunião, Mantega realizou a apresentação da situação economia mundial. Para dar ênfase a sua fase, ele citou a entrevista da diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), que alertou sobre os riscos de uma crise em “espiral”.

Na opinião do líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza, a situação apresentada pelo Ministro indica que a o problema economia deve aumentar nos próximos meses. “A expectativa é de aprofundamento da crise internacional e a expectativa para o Brasil é de o Brasil reagir de maneira firme a essa crise, aproveitando inclusive a crise como um momento de grande possibilidade de nós melhorarmos a nossa economia”, comentou.

Nas ultimas semanas, o ministro e a Presidente tem se reunido para elaborar planos de contenção para a crise. Os dois continuam a afirmar que o país possui recursos para enfrentar a crie sem muitos prejuízos, como o auxilio vindo das reservas interacionais e também os depósitos compulsórios junto ao banco Central.