Publicado em: sexta-feira, 02/12/2011

Mantega diz que Brasil vai enviar dinheiro para ajudar crise

O ministro da Fazenda, Guido Mantega afirmou nesta quinta-feira (1), que o Brasil irá enviar ajuda financeira para o combate a crise a partir do Fundo Monetário Internacional (FMI), porém, espera que os demais países, especialmente os riscos, também colaborem. Ele participou da entrevista coletiva que contou com a presenta da diretoria do FMI, Christine Lagarde, realizada em Brasília.

“Acreditamos que a crise exige recursos adicionais para o FMI, apesar de Europa ter recursos, mas estão demorando para isso. Eles [europeus] também devem comparecer. Não vamos só nós colocar nossos recursos. Eles são muito mais ricos que nós”, disse Mantega.

O ministro ainda começou que devem acontecer novas reuniões junto aos demais países emergências, como a Índia, a China e Rússia, para debater a quantia que dinheiro que a economia brasileira deve enviar para o FMI conseguir repassar o recurso à crise.

Mantega também declarou que uma das maiores preocupações do governo brasileiro é que a crise que se instaura na zona do euro afete os demais países emergentes. “Nossa maior preocupação é de que a crise chegue aos emergentes, apesar de já ter chegado em alguns países com a retirada de capitais estrangeiros”, falou.