Publicado em: quinta-feira, 27/10/2011

Mano Menezes discorda de Ney Franco sobre desempenho no Pan

O técnico da seleção brasileira de futebol nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, Ney Franco, afirmou que seria um sonho conquistar a medalha de ouro da competição. Já o treinador da seleção principal, Mano Menezes, nunca demonstrou grandes esperanças com relação ao torneio continental. Nesta quinta-feira (27), Mano disse que a eliminação precoce não foi um vexame, como disse Ney, e argumentou que o time teve pouco tempo para ser montado.

Mano diz que, mesmo tendo grande afinidade com Ney Franco, não concorda com as declarações que o treinador deu após a derrota para a Costa Rica, em jogo que eliminou o Brasil ainda na primeira fase da competição. O treinador da seleção principal diz que, como os principais jogadores Sub-20 já haviam sido convocados para o Sul-Americano, seria difícil fazer com que os clubes aceitassem liberar os atletas.

Dos atletas que foram campeões Sub-20 na Colômbia, em agosto, apenas Bruno Uvini e Henrique, do São Paulo, os flamenguistas César e Frauches e o colorado Romário foram convocados, mas Uvini se machucou e teve que ser cortado. Porém, mesmo sabendo que seria difícil, Ney Franco revelou o desejo de fechar o ano com 100% de aproveitamento, com os títulos Mundial, Sul-Americano e Pan-Americano.

Ainda nesta quinta, Mano falou sobre as Olimpíadas, onde será treinador da seleção brasileira. Ele diz que os jogadores menores de 23 anos são presença constante nas convocações, e que a partir da próxima lista, eles estarão cada vez mais presentes, com o objetivo de intensificar os treinamentos para o ano que vem. Mano ainda disse que alguns amistosos de 2012 só contarão com atletas abaixo dos 23 anos.