Publicado em: terça-feira, 17/07/2012

Mano cita Tite como exemplo de triunfo e pede tempo para conquistas

O técnico Mano Menezes e a seleção brasileira estão em Londres em busca do título olímpico, inédito para a equipe. O treinador, que está há quase dois anos a frente do time pentacampeão mundial, se sente pressionado e sabe que mais um fiasco resultará em sua demissão do cargo. Isso porque a seleção já amargou um fracasso na Copa América e também em alguns amistosos com equipes de peso, como Alemanha, Argentina e França.

Em sua defesa, Mano afirmou que é preciso fazer um trabalho em longo prazo. Para confirmar sua tese, ele deu exemplos de técnicos campeões, como Tite e Luiz Felipe Scolari. Comando o Corinthians desde outubro de 2010, Tite conseguiu ganhar o Brasileirão e, mais recentemente, a Taça Libertadores. Já Felipão se tornou técnico do Palmeiras após a Copa do Mundo de 2010 a venceu a Copa do Brasil.

Declaração

Em sua declaração aos jornalistas, Mano afirmou que Tite e Felipão tiveram anos de trabalho para conseguirem as conquistas. O técnico pediu a ajuda da imprensa para que o futebol do país não demita mais seus treinadores. Mano afirmou que quando o treinador tiver vários resultados negativos em sequencia, os jornalistas não devem fazer enquetes sobre qual será o melhor nome para substituí-lo.

Desde que está no comando do time brasileiro, Mano venceu 15 jogos, teve 5 empates e 5 derrotas. Apesar de totalizar mais vitórias, a seleção comandada pelo técnico gaúcho não conseguiu convencer nas partidas de maior dificuldade, como, por exemplo, ma Copa América, na qual sofreu com a eliminação nas quartas de final.