Publicado em: sexta-feira, 14/06/2013

Manifestantes fazem protestos nos arredores do Estádio Nacional Mané Garrincha

Manifestantes fazem protestos nos arredores do Estádio Nacional Mané GarrinchaAproximadamente 300 pessoas realizaram um protesto próximo ao Estádio Mané Garrincha, na cidade de Brasília, durante a manhã desta sexta-feira (14). Os manifestantes fazem parte do Comitê Popular da Copa de Brasília e também do Movimento dos Sem-Teto da cidade e bloquearam o trânsito na Avenida Eixo Monumental, que dá acesso para o estádio e é uma das vias mais importantes da capital federal. Durante o manifesto houve queima de pneus em uma barricada, o que causou uma nuvem de fumaça preta. Isto fez com que a polícia desviasse o trânsito do local, o que fez com que o tráfego da cidade ficasse o caos. Helicópteros da Polícia Federal também estiveram sobrevoando o local e faziam o monitoramento aéreo.

Os manifestantes estavam reclamando que o dinheiro que foi gasto para a construção do estádio que está orçado em incríveis R$ 1,2 bilhão, ocorreu com a venda de terrenos da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) e é um valor que poderia ser gasto com moradias. O grupo pede que ocorra um encontro ainda durante a sexta-feira junto ao presidente da Terracap e, se não consiguir o objetivo, promete fazer novo protesto durante este sábado (15), antes da partida inicial do torneio entre entre Brasil e Japão, na FanFest, que vai ocorrer na Esplanada dos Ministérios.

Haviam muitas pessoas utilizando faixas e cartazes durante a manifestação, e em uma delas era apontado que enquanto o mundo está assistindo homens jogar bola, outras 250 mil pessoas não tem onde morar. Os manifestantes ainda distribuíram panfletos e afirmavam que protestos semelhantes devem ocorrer em 12 capitais do Brasil durante a semana seguinte. Os manifestantes tem alegado que há negligência nos direitos humanos e sociais do País e que estavam em uma situação ruim em relação aos outros para a preparação da Copa das Confederações e Copa do Mundo.