Publicado em: segunda-feira, 11/08/2014

Mais de mil funcionários da USP tem salários descontados por conta dos dias paralisados

Mais de mil funcionários da USP tem salários descontados por conta dos dias paralisados Mais de mil funcionários da Universidade de São Paulo tem seus salários descontados nos dias em que se mantiveram participando da paralisação que já se estende há mais de dois meses, as informações foram passadas pela reitoria da instituição.

A Universidade de São Paulo tem atualmente um número que se aproxima a 17 mil funcionários, mesmo com as ameaças, alguns reitores optaram por não tomar esse tipo de atitude.

Os funcionários que foram punidos com essa decisão da instituição são em sua maioria de cargos administrativos, os professores não contam com registro de ponto, por esse motivo eles não fazem parte da medida, porém os reitores da instituição deixaram a decisão de descontar ou não os salários por conta dos diretores e dirigentes das unidades em questão.

Cada um dos diretores tomaram atitudes diferenciadas em relação aos descontos salariais, alguns optaram por descontar o mês inteiro em que houve a paralisação, outros já preferiram descontar apenas alguns dias, cortes não estão previstos por alguns diretores, já que uns estão de acordo com a paralisação e outros simplesmente querem evitar problemas com os funcionários, em uma reunião recente entre os diretores e o reitor da instituição a base da discussão foi a necessidade de se ter uma uniformidade para que os descontos ocorram.

Com a decisão de corte no salário pelos dias parados tornou a discussão ainda mais acalorada, já que mesmo os funcionários que não fazem parte da medida tomada pela instituição se mantiveram contra à decisão da instituição, já que segundo por Ciro Correia que é presidente da Associação dos Docentes da USP, a medida representa uma falta de princípios éticos e morais por parte da instituição, já que foram cortados salários de funcionários, enquanto o dos docentes não fizeram parte dessa medida, o Sindicato tem solicitado que sejam feitas doações para que os funcionários que tiveram seus salários descontados possam ter auxílio.