Publicado em: quarta-feira, 10/02/2010

Mais de 700 mil pessoas ficam sem água em São Paulo

Um rompimento na tubulação fez com que aproximadamente 750 mil pessoas ficassem sem água na Grande São Paulo por dois dias. De acordo com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), o problema ocorreu na região do Morumbi, por volta das 5 horas de domingo, e com previsão para ser solucionado apenas na tarde de terça-feira.

Bairros da região sul e oeste, como Paraisópolis, Butantã e Vila Sônia, além de locais como Embu, Taboão da Serram Granja Viana, em Cotia, na Grande São Paulo, até a manhã de terça-feira, 9 de fevereiro, ainda permaneciam sem água.

Na noite de segunda-feira, o abastecimento já funcionava de forma parcial em algumas partes da região, e como tentativa de amenizar o transtorno dos moradores, a Sabesp enviou caminhões-pipa para alguns dos locais afetados.

Os problemas na tubulação também afetaram o trânsito no Morumbi. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego, algumas ruas da região estão bloqueadas, e pede aos motoristas que evitem transitar pelo local.