Publicado em: segunda-feira, 23/07/2012

Mais de 100 pessoas morrem em ataques no Iraque

Nesta segunda-feira (23), mais de 100 pessoas foram mortas em uma série de ataques no Iraque. De acordo com as agências de notícias, este é o dia mais violento e sangrento do país em mais de dois anos, após o grupo terrorista Al-Qaeda avisar que estava preparando novos atentados na tentativa de recuperar algumas regiões. Não foram divulgados os números exatos de feridos e mortos.

A agência de notícias Reuters divulgou que existem pelo menos 107 mortos e 268 feridos nos ataques de hoje. A France Presse também divulgou que 107 pessoas morreram, no entanto afirma que existem 214 feridas. A Associated Press, por sua vez, contabiliza 103 mortos e aproximadamente 200 feridos.

Atentados

De acordo com as informações registradas, aconteceram atentados suicidas e também carros contendo explosivos em Khan Beni Saad, Bagdá, Dibis, Saadiyah, Tuz Khumatou, Kirkuk e outras localidades. O número de cidades atingidas pelos ataques também muda, entre 13 a 18, confirme a agência de notícias. Entre as vítimas dos atentados estão soldados e policiais.

Um dos atentados mais violentos e mortais foi realizado em uma base militar, que se encontra a leste de Al Doloaiya, localizada a 90 quilômetros da capital. Neste ataque, ao menos 15 soldados foram mortos. Os relatos dos moradores das cidades consistem em afirmam que foram ouvidas explosões e pessoas deixando suas casas.