Publicado em: sábado, 10/12/2011

Mais de 10 mil russos protestam contra eleições legislativas

Mais de 10 mil pessoas se reuniram neste sábado (10) para protestarem contra as eleições legislativas que garantiram vitória da maioria do Parlamento ao partido do primeiro-ministro, Vladimir Putin, a Rússia Unida (RU), pois surgiram acusações de fraude eleitoral. As autoridades concederam autorização para fazer o protesto na praça Bolotnaya, onde teria capacidade para 30 mil pessoas. O local estava lotado e outras pessoas continuavam a chegar para aderir ao protesto.

Neste sábado, o Diário Oficial russo divulgou os números oficiais do resultado da eleição, sendo que foi confirmada a vitória do partido governista com 49,32% dos votos. Por conta disso, a oposição já havia programado uma manifestação para o sábado. De acordo com os resultados públicos no “Rossiiskaia Gazeta”, o partido de Putin vai ter a maioria de 238 cadeiras, de um total de 450, na Duma (Câmara Baixa). Mesmo com a vitória, o índice de votos já demonstra uma queda em comparação às eleições legislativas anteriores.

Além da presença do partido de Putin, os resultados também mostram 92 deputados ao Partido Comunista (19,19% dos votos), 64 ao Partido Rússia Justa (centro-esquerda, 13,24%), e 56 ao Partido Liberal Democrata (nacionalista, 11,67%). No caso do partido de oposição liberal Iabloko, com 3,43% dos votos, não haverá representação.

Os resultados oficiais mostram que a participação nas eleições legislativas foi de 60,21%. As irregularidades no processo eleitoral foram constatadas pela Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE). Para o site da ONG “Observador cidadão” (nabludatel.org), os resultados reais das eleições garantiriam a Putin 20 pontos a menos.