Publicado em: sexta-feira, 27/09/2013

Maioria das residências no Brasil estão utilizando celular para como único serviço telefônico

Maioria das residências no Brasil estão utilizando celular para como único serviço telefônicoAssim como já é visto nas novelas as residências brasileiras estão utilizando cada vez mais os serviços de telefonia móvel, tendo o celular como única forma de comunicação, os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e estatística, esses dados são partes integrantes da pesquisa realizada por amostra de domicílios e dão conta que ao menos mais da metade das casas brasileiras já adotam o celular como aparelho de telefone principal dessas residências.

Os resultados foram colhidos com base na pesquisa realizada para dados referentes ao ano de 2012, onde consta que os números de residências do Brasil que não se utilizam de telefones fixos para comunicação representava uma porcentagem de 51.3%, o que totaliza 32 milhões de casas que adotam essa prática, já no que diz respeito aos dados da mesma pesquisa tomando como base os resultados colhidos em 2011 essa porcentagem era de 49.7%, o totalizou 30 milhões de residências que já usavam o celular como único aparelho telefônico, já em 2011 de acordo com esses resultados foi verificada a tendência de que mais casas brasileiras iriam tornar o aparelho celular como principal ferramenta de comunicação.

De acordo com essa pesquisa houve redução no número de casas que ainda não utilizam nenhuma das duas opções de telefonia, ou seja, através do crescimento dos números de residências com uso de celular, houve uma baixa nos domicílios que não tem nenhum tipo de telefonia, seja móvel ou fixa, neste caso o número caiu de 10%, que foi registrado em 2011 para 8.7% no ano de 2012.

Tomando como base esses números fica possível identificar que houve um aumento no número de casas que possuem telefones sejam eles móveis ou celulares, o que permitiu avanços nessas tecnologias, atualmente se for levado como base as pesquisas dos anos anteriores o número de residências que possuem serviços de telefones chega a 91.2%, ainda sim 37% dos municípios brasileiros ainda possuem apenas serviços de telefone fixo, segundo dados da Agência Nacional de telecomunicações.