Publicado em: sexta-feira, 12/08/2011

Mães de meninas suspeitas de arrastões devem ser enviadas para Centro de Detenção

As mães das quatro garotas detidas por fazerem parte de um grupo de crianças e adolescente que são suspeitos de cometerem arrastões na Vila Mariana, na zona norte de São Paulo, foram transferidas para o 97ª Distrito Federal, que fica em Americanópolis. Elas estavam anteriormente na 36ª DP, e ainda antes de serem transferidas elas passaram pelo Instituto Médico Legal (IML) e serão enviadas agora para o Centro de Detenção Provisória.

Elas foram presas na tarde desta quinta-feira (11) e também foram indiciadas por abandono de incapaz, pois quando foram para o 36° Distrito Policial para liberar suas filhas, que haviam atacado uma motorista que estava parada no semáforo, acabaram sendo detidas por abandono de incapaz. Sete meninas foram apreendidas, e apenas três delas são maiores de 12 anos e serão mandadas para a Fundação Casa, as demais foram encaminhadas para o Conselho Tutelar para serem transferidas para abrigos.

Uma das mães disse ainda que já tentou manter a filha em casa, mas não conseguia controlar a menina para evitar que ela realizasse os delitos. O grupo de adolescentes e crianças é formada por cerca de 15 pessoas, principalmente meninas que ficam reunidas na parte externa da Estação Ana Rosa da Companhia do Metropolitano de São Paulo.

Os jovens se reúnem e em grupo atacam lojas na região, além de roubar e atacar pedestres na Avenida Domingos de Morais, onde sempre há uma grande concentração de pessoas e estabelecimentos comerciais. Para cometer os crimes fazem usos de facas, tesouras e cacos de vidro.