Publicado em: quarta-feira, 20/08/2014

Mãe é processada pela escola da filha após deixar a menina se ausentar das aulas por uma semana na Inglaterra

Mãe é processada pela escola da filha após deixar a menina se ausentar das aulas por uma semana na InglaterraUma mãe foi processada na Inglaterra após permitir que a filha, se ausentasse das aulas na escola, durante uma semana, a menina em questão tem sete anos de idade e há cinco ela luta contra um câncer que tem no fígado.

Kerry Capper, mãe da menina, declarou que permitiu que a filha se ausentasse das aulas porque a menina havia acordado se queixando de estar com dor na barriga, a mãe justifica a sua atitude, declarando que ela desejava ficar de olho na filha, por conta das dores da menina e de seu quadro clínico.

A menina Libby deixou de ir à escola durante uma semana, a instituição onde a menina estuda fica no centro sul da Inglaterra e fica localizada em Birmingham, Libby teve um diagnóstico de câncer no pulmão há cinco anos e ainda se encontra em tratamento para a enfermidade.

Embora a mãe tenha dito que permitiu que a menina ficasse em casa, após Libby ter acordado se queixando de dor na barriga, as autoridades responsáveis pela condução do caso declaram que Kerry não está sofrendo o processo por conta de a menina ter faltado na escola e sim porque ela não deu justificativa alguma à instituição para a ausência de Libby nas aulas.

Segundo os advogados da mãe de Libby, a medida tomada pela escola foi um exagero, além disso segundo os advogados de Kerry, as autoridades foram inflexíveis ao tratar do caso, de acordo com a escola onde Libby estuda, Kerry foi contatada e chamada na escola para que pudesse explicar os motivos que levaram sua filha a se ausentar, durante esse período, das aulas.

Segundo um porta voz da escola Kerry foi contatada e mesmo assim a escola não recebeu nenhuma resposta da mãe de Libby, sendo assim eles instituíram uma multa para que fosse paga por Kerry, quando estes verificaram que a multa não havia sido paga resolveram encaminhar o caso para a Justiça.

Kerry declarou que recebeu o comunicado da escola, mas que não tinha créditos em seu telefone para responder à mensagem, ela declarou ainda que tentou ir à escola mas que enganou-se de dia e por esse motivo perdeu a reunião, Kerry disse que pediu desculpas por ter perdido a reunião, mas que uma professora lhe disse que o caos já havia sido enviado para a Justiça, Kerry que está desempregada informou que não realizou o pagamento da multa pois não tinha condições financeiras para isso, a mãe de Libby agora aguarda audiência que irá acontecer no dia 5 do próximo mês.