Publicado em: sábado, 27/04/2013

Mãe de suspeitos de ataque em Maratona de Boston estaria em lista de possíveis terroristas

Mãe de suspeitos de ataque em Maratona de Boston estaria em lista de possíveis terroristasZubeidat Tsarnaeva, a mãe de Tamerlan e Dzhokhar que são os dois tchetchenos que foram apontados como responsáveis pelo ataque a bomba na Maratona de Boston, estava, junto com o filho mais velho, numa lista há aproximadamente um ano e meio de possíveis terroristas que era mantida pelo governo norte-americano. Esta informação foi informada durante a sexta-feira (27) e duas autoridades informaram isto para a agência de notícias norte-americana Associated Press (AP).A mulher após ser questionada afirmou que as acusações eram falsas e que ela nunca teve relação com crimes de terrorismo.

Conforme aponta a AP, a agência de inteligência americana (CIA) pediu no ano de 2011 para que a mãe junto de Tamerlan, que foi morto após o atentado à Maratona de Boston, tivessem seus nomes colocados em uma lista após a Rússia informar para o órgão das suspeitas que os dois haviam virado militantes religiosos. Aproximadamente seis meses antes disso, o a polícia federal americana (FBI) tinha feito investigações e chegaram a interrogar mãe e filho, também devido a um pedido feito por Moscou. O FBI chegou a concluir na época que não tinha indícios de que eles tinham envolvimento com práticas terroristas.

Tamerlan morreu em um tiroteio frente à polícia quando estava tentando escapar de Boston junto do irmão mais novo Dzhokhar Tsarnaev. Este levou um tiro em seu pescoço e continua internado, em estado grave. Porém foi transferido durante a sexta-feira (26) para um hospital penitenciário também na região de Boston. Se for processado, ele poderá ser sentenciado à morte.

Também durante a sexta-feira, o FBI fez buscas em um campo próximo a Universidade de Dartmouth, também no Estado de Massachusetts, em que o suspeito mais novo estava estudando.

Conforme aponta a AP, as autoridades norte-americanas disseram que da inclusão destes dois tchetchenos na lista sobre os potenciais terroristas com a condição de ficarem em anonimato.