Publicado em: sexta-feira, 23/09/2011

Mãe de aluna diz que crianças estão com medo de voltar às aulas após o crime

Os estudantes da Escola Municipal Professora Alcina Dantas Feijão estão com medo de voltar a escola depois do que aconteceu na última quinta-feira, dia 22 de setembro. Um aluno da quarta série atirou na professora e depois se matou. O colégio, que se localiza em São Caetano do Sul, está fechado nessa sexta-feira.

A filha de Josileide Carvalho Feliz está na sexta série e estudava ao lado da sala onde aconteceu a tragédia. A mulher afirma que a menina está com medo, pois não sabe mais o que pode acontecer na escola. Josileide diz que a escola é segura, mas cabe aos pais revistar os filhos e o que eles levam para o ambiente escolar em suas mochilas.

O crime ocorreu por volta das 15h50, quando entrou na sala e atirou na professora Rosileide Queiros de Oliveira. Depois disso, ele saiu da sala e atirou na própria cabeça. A professora está em estado de saúde estável, sem risco de morrer. O enterro do menino deve acontecer nessa sexta-feira.

De acordo com estudantes e colegas do menino que cometeu o crime, ele era uma criança quieta, tímida e que tirava boas notas. Um aluno do quinto ano disse que alguns chamavam o garoto de “maquinho”, pois às vezes ele chagava na escola mancando.

p1