Publicado em: terça-feira, 29/07/2014

Mãe consegue identificar enfermidade na filha de apenas um ano através de foto postada no Facebook

Mãe consegue identificar enfermidade na filha de apenas um ano através de foto postada no FacebookKerry Grycuk é uma mãe australiana que conseguiu um feito impressionante, ela por meio de uma foto conseguiu ajuda de outras pessoas que a ajudaram a identificar o diagnóstico de uma doença que acometia sua filha de apenas um ano de idade.

Muitos declaram que solicitar ajuda na internet para identificar possíveis doenças pode representar um risco, já que podem induzir que a pessoa que busca por ajuda acabe se automedicando, o que pode ser prejudicial à saúde.

Segundo informações a filha de Kerry, já havia passado por diversos médicos que não conseguiam identificar o que havia de errado com a criança, muitos diziam que é normal que crianças sofram de enfermidades no período em que entram para escola, a menina teve uma infecção no peito que segundo Kerry parecia que não curava, a mãe então passou a levar a filha ao hospital de duas a três vezes por semana e já parecia estar ficando neurótica.

A menina apresentou uma febre de 40º foi quando Kerry retornou ao hospital com a menina, o médico que as atendeu disse para a mãe da menina que aquela febre provinha de uma infecção que a menina tinha no ouvido, o profissional prescreveu medicamentos antibióticos e mandou mãe e filha de volta para casa.

Já no dia 20 de Julho, dia seguinte a febre apresentada pela filha de Kerry, a moça estava dando banho na filha quando percebeu um caroço vermelho na orelha da menina, ela resolveu enviar a foto à sua mãe e fez uma postagem no Facebook, muitas pessoas disseram que era melhor eu a mãe levasse a criança de imediato ao hospital, pois aquilo poderia ser fruto de uma inflamação da mastoide, o que mais tarde iria se confirmar pelos médicos que atenderiam a menina.

A foto postada por Kerry em um grupo em que mães trocam experiências sugeriu que caso a menina não fosse logo levada ao hospital a infecção que acometia a vida da filha de Kerry, poderia se espalhar pelo cérebro da menina, mesmo com todas essas informações o pai da menina, Paul, não se mostrou a vontade em seguir os conselhos dados, mas Kerry declarou que seu extinto de mãe falou mais alto e portanto ela optou por levar a menina ao hospital, lá os médicos identificaram o problema e realizaram uma cirurgia de emergência na pequena Gracie.

O médico responsável pela cirurgia de Gracie informou à mãe Kerry que caso ela tivesse esperado para levar a menina ao hospital a situação poderia ter sido agravada, segundo Kerry a pequena Gracie está melhor e tudo o que ela mais deseja ver agora é a filha se recuperando, Kerry também agradeceu a ajuda das mães dizendo que elas são demais.