Publicado em: quarta-feira, 15/02/2012

Lutador do UFC é diagnosticado com demência

O lutador canadense do UFC, Gary Goodridge foi diagnosticado como ‘demência pugilística’, em decorrência dos golpes que levou na cabeça. A doença é comum entre muitos atletas de esportes como futebol americano, hóquei no gelo e boxe.

Goodridge afirmou que a doença é decorrência de muitos traumas causados pelo ‘K-1’ (torneio mundial de kickboxing), minimizando o MMA, afirmando que nas lutas no octógono os competidores praticamente não trocam golpes na cabeça.

O lutador ainda afirmou que a partir de agora terá de conviver com a doença, e que não há tratamento, apenas medicamentos que amenizam os efeitos dela. A síndrome pugilística ganhou notabilidade quando o campeão mundial de boxe, Muhammad Ali desenvolveu a doença, tendo evoluído para o Mal de Parkinson.

Gary Goodridge tem 46 anos e está aposentado desde 2010. No UFC, o canadense disputou 85 lutas, sendo nocauteado 24 vezes. Ao longo de sua carreira, o lutador ainda teve derrotas para brasileiros como Pedro Rizzo e Rogério Minotouro.