Publicado em: quinta-feira, 17/01/2013

Lula se encontra com Haddad para dar diretrizes para governo e secretários

Lula se encontra com Haddad para dar diretrizes para governo e secretáriosO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve reunião com o prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad (PT), e com parte do secretariado nesta quarta-feira (16).

Na mesa do gabinete de Haddad, ele esteve sentado por uma hora junto do prefeito e da vice-prefeita, Nádia Campeão (PC do B). Convidados na véspera para este encontro, 11 dos secretários da administração do prefeito ouviram o que Lula tinha para dizer.

Haddad disse que o ex-presidente estava em viagem, e quando retornou pediu para que eles se encontrassem, e convido u para que ele fosse até a prefeitura. O prefeito disse se tratar de uma visita de cortesia. Outras quatro pessoas que estiveram no encontro disseram que Lula apontou questões que são prioritárias para a gestão de Haddad, como combate de enchentes e as políticas sociais do município que podem tentar acabar com a redução de chacinas.

Os números apontam que houve um aumento da violência no final do ano passado e início deste ano. Este índice de criminalidade levou o governador Geraldo Alckmin, do PSDB, a mudar o comandante da Secretaria da Segurança Pública no mês de novembro de 2012. Conforme o prefeito, Lula salientou a importância da prefeitura tentar fazer parcerias junto ao governo estadual.

Outra diretriz apontada por Lula foi de replicar na capital de São Paulo o modelo para consulta do povo que ele adotou enquanto fora presidente, que são conferências temáticas. Conforme o ex-presidente, estes encontros para que haja discussão de áreas como a saúde, a educação e a cultura precisam ser realizados em todas as 31 subprefeituras.

Em seu discurso após a vitória, Haddad, que nunca tinha disputado uma eleição sequer, ironizou a trajetória dele e afirmou que era o segundo poste de Lula, numa referência direta para a presidente Dilma Rousseff, que também havia dito isto.

Lula já agendou reunião junto à presidente que fizesse a discussão da gestão do governo. O encontro deve ocorrer no dia 25 e deverão participar ministros e pessoas que dirigem o PT, e vão repassar projetos estratégicos e uma agenda de viagens da Presidente.