Publicado em: sexta-feira, 15/06/2012

Lula recebe alta em São Paulo

Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente da República, recebeu alta depois de passar por exames e uma pequena cirurgia na última quinta-feira (14), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Lula passou por uma biopsia e uma endoscopia, dois procedimentos que não estavam agendados, quando foi realizar uma cirurgia para retirar o cateter que foi usado durante o tratamento que o ex-presidente fez contra um câncer na laringe.

Os médicos decidiram realizar esses dois procedimentos quando Lula já estava sedado. A decisão foi tomada já que o ex-presidente vinha reclamando de um edema na garganta. Porém, os exames confirmaram que o tumor na laringe foi completamente eliminado e que o edema ainda é decorrência do tratamento feito por Lula.

De acordo com o médicos, essa sequela da doença deve ser eliminado em dentro de um mês, mas recomendaram que Lula poupasse sua voz para evitar que a região da laringe fique mais inflamada. Por conta disso, o ex-presidente cancelou todos os compromissos que tinha marcado em sua agenda até o fim de semana. Portanto, a participação de Lula em um dos painéis do Rio +20 também foi cancelada. A fala do presidente aconteceria no final da manhã de sábado (16), às 11 horas, na Arena Socioambiental.

Outro compromisso da agenda de Lula que precisou ser desmarcado foi uma reunião que o ex-presidente teria com Eduardo Campos, do PSB, que é governador do estado de Pernambuco, ainda nesta sexta-feira (15). Na ocasião, os dois iriam discutir assuntos que dizem respeito a aliança dos partidos em relação a Fernando Haddad, pré-candidato do PT a prefeitura de São Paulo, e ainda a situação politica na capital pernambucana. Em Recife, nem o PT nem o PSB fizeram acordo para as eleições municipais e é provável que o partido socialista lance seu próprio candidato. Por conta da ausência de Lula, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, é quem irá se encontrar com o governador de Pernambuco.