Publicado em: sexta-feira, 15/07/2011

Lula e Haddad participam de Congresso da UNE em Goiânia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva compareceu ao 52º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE) que está sendo realizado em Goiânia. Durante seu discurso, o ex-presidente aproveitou para dizer que, ao contrário do que alguns tentam fazer parecer, não há discordância alguma entre ele e a atual presidente, Dilma Housseff. Ao lado de Lula, o ministro da Educação, Fernando Haddad, também marcou presença no evento.

Além de se defender quanto a intrigas que não existem entre ele e a atual presidente, Lula também defendeu a própria UNE, que foi acusada pela imprensa de ser uma entidade “chapa branca”. De acordo com as provocações, a UNE se classificaria como tal ao receber patrocínio de cinco ministérios diferentes e da Petrobrás. Porém, o presidente da UNE, Augusto Chagas, lembra como a entidade sempre recebeu dinheiro público, mas isso nunca foi motivo para desviar suas opiniões.

Com relação aos comentários sobre sua situação com Dilma, o ex-presidente afirmou que “não há divergência. Quando fui a Brasília e tirei foto com os senadores, disseram que ela [Dilma] era fraca. O babaca que escreveu a matéria nunca deve ter sentado com a Dilma para conversar. Ela pode ter todos os defeitos do mundo, menos ser fraca. Disseram que há diferenças entre eu e a Dilma, que somos diferentes. Não precisa ser um especialista para saber que ela é diferente de mim.”

Ao mesmo tempo, nem todos os participantes desse Congresso da UNE concordaram com a presença dos políticos no evento. Para estes, entregar o microfone nas mãos do ex-presidente e do atual ministro foi dar uma oportunidade para fazer palco político.