Publicado em: sábado, 30/07/2011

Lula discursa durante cerimônia de inauguração da nova embaixada argentina

Durante a cerimônia realizada nessa sexta-feira (29) de inauguração da nova embaixada argentina no Brasil, a qual contou com a presença da presidente do país vizinho, Cristina Kirchner, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi convidado a fazer um discuro. No seu pronunciamento, Lula afirmou que as duas mulheres, Cristina e a presidente Dilma Housseff, serão responsáveis por grandes feitos na América do Sul e influenciarão a economia global como um todo.

Quebrando o protocolo normalmente seguido durante cerimônias oficial, Lula discursou “como cristão, acredito que haja vida após a morte. E, na outra vida, o ex-presidente argentino Néstor Kirchner deve estar pensando: pobre de mim e do Lula porque a Dilma e a Cristina vão fazer história na América Latina e na América do Sul mais do que nós.” Essa foi a primeira aparição pública de Lula em um evento do governo desde quando Dilma assumiu a liderança do país.

O projeto da nova embaixada argentina vinha sendo idealizado desde a gestão do ex-presidente Nestor Kirchner. O terreno no qual a construção foi realizada partiu de uma doação de Lula. O projeto apresenta traços modernos e conta com quatro mil metros quadrados. Em contrapartida, Cristina agradeceu os elogios prestados por Lula e afirmou que o ex-presidente brasileiro era um grande amigo de Nestor, além de um colega de trabalho.

A presidente da Argentina veio ao Brasil também como retribuição da visita prestada por Dilma em janeiro desse ano. A viagem de Dilma ao país vizinho foi a sua primeira visita internacional.