Publicado em: terça-feira, 14/02/2012

Lula deve permanecer internado até sexta-feira (17)

De acordo com a assessoria do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ele deverá ficar internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, até a próxima sexta-feira (17). Este é o prazo estipulado para que ele conclua as 33 sessões de radioterapia no tratamento de um câncer de laringe, diagnosticado no fim do ano passado. A assessoria do petista também informou que a equipe de médicos que cuida do tratamento do ex-presidente quer deixá-lo no hospital para evitar o desgaste o deslocamento entre o hospital e sua casa, em São Bernardo do Campo.

A internação também pode ajudar a controlar o número de visitas diárias, além de permitir mais sessões de fonoaudiologia, que ajudam o paciente a se recuperar dos efeitos colaterais da radioterapia. Os assessores de Lula informam, no entanto, que essa foi a proposta dos médicos, mas todos os dias haverá avaliações sobre a saúde do ex-presidente.

Lula foi internado no Hospital Sírio-Libanês no último sábado com suspeita de inflamação no esôfago e na garganta, além de tosse forte e fraqueza. Nesta segunda-feira (13), o ex-presidente passou pela 29ª sessão de radioterapia e depois passou por consultas com fonoaudiólogo, nutricionista e fisioterapeuta, além de passar por hidratação endovenosa.

Segundo a assessoria do petista, Lula vem se alimentando via oral e basicamente come apenas alimentos pastosos, já que são mais fáceis de ingerir. De acordo com boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira, o estado clínico do ex-presidente é bom. Ele passou a tarde acompanhado de sua esposa Marisa Letícia.