Publicado em: terça-feira, 01/11/2011

Lula deve deixar hospital nesta terça-feira

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve deixar o Hospital Sírio Libanês nesta terça-feira, dia 1º de novembro. Lula foi diagnosticada com um câncer na laringe no último sábado, e nesta segunda-feira começou o tratamento de quimioterapia para combater a doença. O ex-presidente passou a noite na unidade hospitalar e está previsto que seja liberado esta manhã.

Os médios introduziram na região do peito, um cateter. Este ficará instalado na região até que o tratamento do ex-presidente termine. Os medicamentos são colocados, a cada sessão do procedimento, através de uma agulha deste cateter. A medicação é injetada por um período de até 120 horas, em doses pequenas. A agulha é retirada quando o período se encerra.

Em até 40 dias de tratamento, a equipe médica afirma que já é possível analisar os resultados prévios. A equipe disse que o tumor do ex-presidente possui um grau de agressividade considerado médio, e tem três centímetros. Lula terá acompanhamento de um fonoaudiólogo, devido à proximidade do tumor com as cordas vocais.

Segundo o oncologista Paulo Hoff, as chances de que o tratamento seja um sucesso são boas, porém irá causar uma alteração na voz do ex-presidente. O médico afirma que a equipe está trabalhando para que esta alteração seja a mínima possível, e que isto não cause nenhum efeito em suas atividades rotineiras.