Publicado em: quinta-feira, 09/12/2010

Lula defende criador do WikiLeaks

O Presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, defendeu o criador do site WikiLeaks, Julian Assange, preso no início da semana.

Durante a reunião de avaliação do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), Lula afirmou que lamenta não ter visto nenhum protesto contra a prisão de Assange. Para ele, aqueles que defendem a liberdade de expressão deveriam se manifestar em favor de Assange.

Lula inocentou Assange do conteúdo publicado no WikiLeaks. Para o presidente, o que Assange e os demais integrantes do site fazem é apenas divulgar o que é dito por embaixadores e autoridades. Na opinião de Lula, proibir Assange de continuar com suas publicações é ferir a liberdade de imprensa na internet.

Julian Assange foi preso no início da semana na Inglaterra. Ele é acusado de crimes sexuais, entretanto, acredita-se que motivos políticos tenham motivado sua prisão. O WikiLewaks se tornou um site especializado em divulgar documentos secretos de vários governos do mundo, entre eles os Estados Unidos e até mesmo o Brasil.